Fernando Adoka marca presença no Google Cloud Summit Brasil

 

Entre os dias 08 e 09 de novembro, aconteceu o Google Cloud Summit Brasil que teve representação do SENAI Pirituba

Fabio Andreotti CEO da Google Brasil foi o responsável pela abertura do evento, que trouxe como premissa a drástica mudança de empresas da era da tecnologia para a era da digitalização.

 

 

O evento ocorreu entre os dias 08 e 09 de novembro e teve como assuntos principais, Cloud Computing, tecnologia Mobile e Social, Internet das Coisas, Big Data e as Machines Learnings, além de importante espaço para empresas startups e contou com a participação do professor de tecnologia da informação da unidade, Fernando Adoka.

 

Gleydis Salvanha diretora da Google, afirmou que toda empresa é uma empresa de dados e que “se você não sabe o que fazer com o dado, apenas guarde, uma hora saberá” e foi além, dizendo que “dados são hoje o novo petróleo”.

 

A Google está trabalhando através de quatro importantes pilares: Otimização de TI, Colaboração, Aceleração e por fim, Parceria.

 

Miles Ward, diretor global de arquitetura de soluções da Google Cloud, potencializou o evento, afirmando que “hoje estamos escrevendo o livro das operações” e completou “não importa se sua empresa é grande ou pequena, logo ela estará nas nuvens”.

 

O Google Cloud Summit, ainda reservou importante espaço para tratar sobre segurança da informação, criptografias e relevou informações sobre seu mais novo projeto, o TITAN Chip, responsável por toda produção criptográfica de sua nuvem, garantindo maior segurança de dados, o denominado “Data Loss Prevention”.

 

 

Por outro lado, o Sr. Fuzzy Khosrowshari, diretor da Google Cloud no Canadá, empolgou os presentes com emocionante apresentação, fazendo alusão à escadaria de Selaron no RJ, que conta com ladrinhos de mais de 60 nações. “Hoje o Google possui mais de 15mil programadores espalhados pelo mundo, trabalhando em códigos abertos para transformar a inteligência artificial”, relatou. Através de tecnologia “Smart Reply”, resposta inteligente, a Google pretende revolucionar a capacidade de aprendizado das máquinas, onde sem interação humana, elas consigam se comunicar.

 

John Lucena, diretor Técnico Google Cloud Latin America, e João Carlos Bolonha também diretor da LATAM, trouxeram ao evento dados relevantes. A Google acredita que até 2025 serão gerados cerca de 163 zettabytes de dados e que a Inteligência Artificial será soberana, contando com a participação de todas as pessoas interessadas. De acordo com Lucena, ainda, é necessário “use the right tool for the job” em simpática alusão aos programas de edição de planilhas, que em breve receberão importante participação de inteligência artificial.

 

 

A grande certeza que tivemos após a finalização do evento, é que o BIG Data já é realidade, inteligência artificial também e estarão amplamente espalhadas através da Google Cloud, de acordo com a sra. Feresth Mavar, engenheira da Google no Canadá. E claro, os empregos como conhecemos hoje serão totalmente reformulados.

Versão digital do livro grátis! 10 lições que Aprendi no Negócio mais Difícil do País

 

Você pode baixar gratuitamente a versão digital do livro 10 Lições que Aprendi no Negócio mais Dificil do País, após curtir nossa página no Facebook, aproveitando assim as dicas de negócios em tempo real.

 

 

Decolando com Guarulhos, trará Fernando Adoka em dois eventos

 

O projeto Decolando com Guarulhos, parceria entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU) e o SEBRAE, contará com a participação do professor Fernando Adoka, autor do livro 10 Lições que Aprendi no Negócio mais Difícil do País. Em 12 de junho, Adoka trará a palestra Design Thinking – Design como Estratégia de Inovação e Competitividade, que busca envolver utilizando técnicas dinâmicas, todos os participantes, em torno de práticas inovadoras para aprimorarem seus negócios.

 

Design Thinking significa “pensamento do design”, ou pensar como designer. A ideia é buscar na percepção do designer sobre o mundo, visões que ajudem empreendedores a expandir horizontes na hora de criar projetos e executar tarefas.

 

Da mesma forma que um profissional do design enxerga de forma holística o mundo ao seu redor, observando aspectos cognitivos, emocionais e estéticos que afetam as experiências humanas, empresários precisam olhar seu contexto com empatia, a fim de identificar problemas a serem solucionados, bem como criar respostas verdadeiramente inovadoras para eles.

 

 

12/06/17: Palestra Design Thinking SEBRAE Guarulhos com Fernando Adoka

 

No próximo dia 12 de Junho, segunda-feira, o professor Fernando Adoka irá palestrar ao público de empreendedores no SEBRAE de Guarulhos, situado a  Av. Salgado Filho, 1810 – Centro, às 11h:00.

 

O tema escolhido pela organizadora é Design Thinking, DESIGN COMO ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE.

 

Sobre: O que é design thinking?  Ao pé da letra, o termo significa “pensamento do design”, ou pensar como designer. A ideia é buscar na percepção do designer sobre o mundo, visões que ajudem empreendedores a expandir horizontes na hora de criar projetos e executar tarefas.

 

Da mesma forma que um profissional do design enxerga de forma holística o mundo ao seu redor, observando aspectos cognitivos, emocionais e estéticos que afetam as experiências humanas, empresários precisam olhar seu contexto com empatia, a fim de identificar problemas a serem solucionados, bem como criar respostas verdadeiramente inovadoras para eles.

 

Através de dinâmicas, bom humor, histórias cativantes e estudos de caso relevantes, a palestra terá duração de 120 minutos, com espaço para debates estratégicos, que irão motivar os empreendedores experientes ou que estejam iniciando seus negócios.

 

Quando: 12/06/17 – 11hs

Onde: SEBRAE Guarulhos –  Av. Salgado Filho, 1810 – Centro

Quanto: Grátis

Informações: (11) 2475-6600

Procobre, Eletrobras e SENAI Pirituba se unem para ampliar eficiência energética de grandes indústrias

 
Fonte: Procel Info – 09.03.2017

Brasil – Uma parceria entre o Procobre (Instituto Brasileiro do Cobre), a Eletrobras e o Senai (Unidade Pirituba) pretende contribuir para que sete grandes empresas – Baxter, Bemis, L’Oréal, Thyssenkrupp, Coca-Cola, Ficosa do Brasil e Plastifluor – aprimorem a gestão de energia em suas plantas industriais no Brasil. A iniciativa abrange todas as etapas para a certificação na Norma ABNT NBR ISO 50.001 e permitirá às empresas participantes estabelecer processos para melhorar o desempenho energético de suas unidades.

“Essas indústrias estarão aptas a adotar as melhores práticas de gerenciamento de energia, com ganho de desempenho, redução de custos pela otimização do consumo de energia e mitigação de impactos ambientais, a exemplo da emissão de gases de efeito estufa”, afirma Glycon Garcia, diretor-executivo do Procobre. O Instituto Brasileiro do Cobre patrocina o programa de certificação das empresas, o Senai conduz a implantação dos requisitos da norma e a Eletrobras realiza a auditoria interna, necessária para obtenção da certificação ISO 50.001.

Para a pré-seleção das participantes, foi realizado um workshop de divulgação do projeto e considerada a elegibilidade das empresas. “Além das certificações prévias existentes, levamos em conta a aderência à responsabilidade social e ambiental dessas indústrias e o compromisso de melhoria contínua, como meta”, explica Garcia.

A iniciativa já conta com uma primeira certificação, a da Baxter, que comemorou a conquista no final do mês de fevereiro. A multinacional é a primeira do ramo farmacêutico no Brasil a obter a certificação. No mundo, das 60 fábricas do grupo, a unidade brasileira é a quarta a seguir os parâmetros internacionais na racionalização do uso e consumo de energia, estabelecidos pela ISO 50.001.

Garcia explica que, com o apoio do Senai, houve uma primeira fase de revisão, para contabilidade energética da Baxter, a fim de determinar o consumo com eletricidade, gás natural, vapor, água superaquecida, entre outras fontes de energia utilizadas pela empresa. Na fase seguinte, foi feita uma análise sistemática do consumo de energéticos, por processo e equipamento. “A ideia é que a empresa identifique oportunidades para melhoria do desempenho energético na utilização dos recursos de energia e evite perdas”, destaca o diretor do Procobre.

A implantação da norma envolveu todos os setores da Baxter, de compras à alta administração, pela necessidade de disseminar os processos para a operação da indústria. “Embora o potencial de aumento da eficiência energética venha, majoritariamente, de soluções técnicas, todos os colaboradores precisam estar envolvidos para que o ganho de eficiência seja efetivo”, afirma Leandro Corral, gerente de engenharia da empresa.

Segundo Corral, desde 1998, a Baxter possui um programa de metas para redução do consumo de energia. Em 2015, a empresa conseguiu uma melhora de 7,5% em seus índices e, em 2016, 9,5%. Com o padrão ISO 50.001, a expectativa é elevar ainda mais esse percentual de economia. “De imediato, trocamos 14 motores standard por motores premium, mais eficientes. No dia a dia, nossos processos estarão dirigidos para a redução do consumo energético de nossas operações”, diz Corral.

Os demais projetos que integram a iniciativa da pareceria Procobre, Senai e Eletrobras estão em andamento e devem ser concluídos até novembro deste ano. Todas as indústrias terão o apoio técnico-científico, de consultoria, análise e desenvolvimento do Senai – Núcleo de Energia e Eficiência Energética da Unidade Pirituba, para implementação da norma.

Para Garcia, a certificação é um instrumento para disciplinar e consolidar os processos de melhoria contínua das empresas. “Cabe às empresas olhar a utilização das fontes energéticas como um negócio estratégico, de aumento da competitividade, geração de oportunidades de negócios e redução de custos operacionais”, ressalta. O uso eficiente de energia é uma prioridade para o Procobre, que tem em sistemas mais modernos e sustentáveis uma maior presença do cobre, dada sua alta condutividade.

A partir da aplicação da ISO 50.001, a expectativa do Procobre é de que as participantes do programa promovam uma melhora sistemática no gasto energético, com economia de 5% a 30%, dependendo do estágio de racionalização em que a empresa se encontre.

Fernando Adoka participa com José Jurandir de entrevista a Tv CPP

 

Em agosto de 2016, os autores do livro Diga Giz, José Jurandir e Fernando Adoka, participaram de entrevista ao programa “Na Ordem do Dia” da Tv CPP, principal sindicato de professores no Estado de São Paulo.

 

Sob o comando da jornalista e apresentadora Vivian Navajas, os autores debateram sobre a educação do passado, do presente e do futuro, incentivando a carreira de professor. Contando alguns causos vividos em sala de aula, com bom humor e preocupação com as políticas públicas de incentivo, sobraram elogios ao profissional mais admirado, formador de todas as demais profissões.

 

Confira a entrevista:

 

Livro Diga Giz é sucesso entre professores e pedagogos na Bienal de SP

 

Aconteceu no último mês de agosto, a 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, no centro de exposições do Anhembi.

 

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), encerra sua 24ª edição e se consolida como um dos maiores e mais relevantes eventos do mercado editorial do país, tendo recebido 684 mil visitantes ao longo de 10 dias. Este ano, a Bienal do Livro passa a fazer parte do calendário oficial de eventos da cidade de São Paulo, por meio de decreto do prefeito Fernando Haddad, anunciado na cerimônia de abertura.

Sob o tema “Histórias em Todos os Sentidos”, a Bienal Internacional do Livro propôs ao público vivenciar as diferentes histórias que acontecem dentro do evento, além de conferir as principais editoras, livrarias, distribuidoras, bate-papos e sessões de autógrafos. O grande homenageado deste ano foi Ignácio de Loyola Brandão, um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos, que completou 80 anos, vencedor várias vezes do Prêmio Jabuti e que recebeu recentemente o prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras.

Foram 13 espaços multiculturais ultrapassando 1300 horas de programação e presença de 388 autores nacionais e internacionais. Os visitantes puderam participar de palestras e debates com grandes nomes da literatura e personalidades, além de apresentações de música, teatro e dança.

O autor Fernando Adoka, esteve ao lado de José Jurandir, também autor do livro DIGA GIZ, com noite de autógrafos em sábado prestigiado pela imprensa e comunidade de educadores nacionais e internacionais. Algumas celebridades, como Otávio Mesquita, Padre Fábio de Melo e o chef Eric Jacquin, também marcaram presença no evento. O homenageado Maurício de Souza recebeu das mãos dos autores um exemplar especialmente dedicado.

O livro Diga Giz é um manifesto motivacional aos educadores, formados ou em formação, que busca através de relatos emocionantes, divertidos e estimulantes, validar a escolha da nobre profissão.

Na ocasião, foram distribuídos cerca de 10mil kits contendo marcadores do livro, bottons, cards customizáveis e sacolas personalizadas.

O livro Diga Giz chegará as principais livrarias brasileiras neste primeiro semestre de 2017.

Fernando Adoka é destaque na revista do Exército Brasileiro

 

Em julho, a revista do Exército Brasileiro divulgou nota, sobre as capacitações da 2ª Cia. de Transportes do Exército. Oficiais e soldados participaram dos treinamentos de Excel na unidade SENAI “Jorge Mahfuz” em São Paulo.

 

Confira a nota na íntegra através do link.

http://www.eb.mil.br/web/resiscomsex/cmse/-/asset_publisher/Ou0SWcDJZqh7/content/2-companhia-de-transporte-capacitacao-de-pessoal

Fernando Adoka participará de noite de autógrafos na Bienal do Livro de SP

 

No dia 27 de agosto de 2016, Fernando Adoka estará ao lado do escritor José Jurandir para lançamento e noite de autógrafos de seu livro Diga Giz, que é um manifesto motivacional aos formadores de todas as profissões.

 

Maiores informações no site Oficial da Bienal através do link:

http://www.bienaldolivrosp.com.br/pt-br/Planejador/Expositores/Conteudo-da-Atracoes/?coId=163567

 

 

Livro de Fernando Adoka terá lançamento na Bienal de São Paulo

 

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que ocorrerá nos dias 26 de agosto a 04 de setembro de 2016, no pavilhão do Anhembi, zona norte de São Paulo, trará lançamento do livro Diga Giz, que é um manifesto motivacional aos formadores de todas as profissões.

 

A pré-venda inicia ainda no mês de julho, e os livros terão o custo de R$24,90 (pré-venda), R$29,90 na Bienal e R$39,90 nas livrarias após a Bienal.

 

A obra Diga Giz trata do cotidiano do professor que muitas vezes é surpreendido pelos impasses de sua carreira. Expondo causos de uma trajetória de sucesso de dois professores, um dos quais, trabalhou por mais de trinta anos na docência em escolas municipais, do SESI e particulares, sendo por um bom tempo, diretor de várias unidades, lidando com múltiplos perfis de aprendizado. Traz também os relatos do jovem professor, que apesar dos poucos anos de giz e lousa, capacitou milhares de profissionais da indústria nas escolas do SENAI, motivando-os a continuarem aprendendo após ultrapassarem as fronteiras da sala de aula.

 

Com emoção e bom humor, estes relatos mostrarão ao professor, formado ou em formação, maneiras de melhorar sua aula, sua vida pessoal e sua carreira, se tornando um profissional de sucesso. Utilizando técnicas embasadas nos grandes teóricos da educação, o olhar desta obra ajudará a romper paradigmas e transformará o profissional que é responsável pela construção de todas as outras profissões. E se tudo parecer difícil, lembre-se, é só recomeçar… Diga GIZ! Você é professor…

 

Fernando Adoka lança agência de emprego JobStop!

 

O professor Fernando Adoka lança novo projeto para beneficiar alunos em busca de novas oportunidades no mercado de trabalho.

 

Em parceria com a pedagoga e hunter, especialista em seleção de candidatos, Giovana Santiago, o professor Fernando Adoka lançou no mercado a nova opção em vagas de emprego. O site JobStop! que trará inúmeras oportunidades de recolocação no mercado de trabalho.

 

Com centenas de novas vagas publicadas todos os dias, que atendem as necessidades de estagiários, pessoas com deficiência, ou profissionais que buscam um upgrade em suas carreiras ou até mesmo uma recolocação no mercado de trabalho, o JobStop! surge como oportunidade de facilitar o contato entre empresas e candidatos.

 

Além das vagas, toda semana serão divulgados novos artigos específicos que auxiliarão você, candidato, a se posicionar melhor no mercado de trabalho.

 

Participe do projeto, sua nova chance deve estar lá! 😉

 

 

 

 

Fernando Adoka e @livroincena lançam campanha #amigodoadoka no Instagram

 

Inicia agora em junho a campanha #amigodoadoka em parceria com o ig @livroincena que dará um vale no valor de R$100,00 (cem reais) ao participante que tiver a foto mais curtida durante o período promocional. A iniciativa não é sorteio.

 

Confira as regras e saiba como participar:

 

  1. Tire uma foto maravilhosa ao lado de sua coleção de livros ostentando um cartaz com os dizeres: “Eu sou #amigodoadoka” @adokaf e @livroincena (como sugere a imagem da campanha)
  2. Publique no seu Instagram com a hashtag #amigodoadoka e não esqueça de marcar seus amigos e seguir os perfis @adokaf e @livroincena
  3. Assim que os perfis @adokaf e @livroincena atingirem 3mil e 25mil seguidores respectivamente, a foto que tiver mais curtidas levará o prêmio.
  4. Prêmio: Um vale de R$100,00 para comprar em livros (frete grátis)

 

A promoção inicia em 01/06/2016 e termina assim que os perfis atingirem o número de seus seguidores. Participe!

Fernando Adoka lança novo canal no Instagram

 

No último dia 15 de maio, o professor Fernando Adoka lançou novo projeto no Instagram para publicação de série de dicas sobre negócios, educação, motivação e bem estar. O canal @adokatips terá publicação semanal e contará com dicas práticas para incentivar melhorias no cotidiano das pessoas.

 

O conteúdo será dividido em séries e as postagens trarão conteúdo inédito, produzido pela agência PROSERP.

6 dicas para reuniões produtivas

 

Não adianta reclamar: as reuniões fazem parte do dia a dia dos empreendedores e são essenciais para estabelecer uma comunicação entre a equipe. Elas ajudam ainda no planejamento e na resolução de problemas de forma coletiva. Mas é verdade que, com tantas pessoas em um mesmo ambiente, é muito fácil se distrair. “Fui executivo por muitos anos e o problema de improdutividade de reuniões era algo com o qual eu sempre me deparava”, conta Marcus Soares, professor dos cursos Certificates do Insper, em nota para a Revista PEGN.

Para que uma reunião seja produtiva e não faça os funcionários da sua empresa perderem tempo, é preciso se organizar para o evento. Ele deve ser planejado previamente e conduzido de maneira correta para que não aconteça nenhum desvio do tema inicial. “Também falo sempre para as pessoas que estão em uma reunião que desliguem os celulares, porque ele é uma distração constante e atrapalha quem está liderando o encontro”, afirma a coordenadora da pós-graduação em Administração de Recursos Humanos da FAAP, Denise Delboni. Pensando nisso, Denise e Soares separaram seis dicas para que as reuniões do seu negócio sejam mais produtivas:

1. Planejamento

Toda reunião deve ter um motivo para acontecer e um objetivo a ser atingido. Esses são aspectos que devem ser determinados antes mesmo de se marcar um encontro com a equipe. “As pessoas tem dificuldade em decidir apenas um objetivo, mas é preciso definir aquele principal para que a reunião tenha uma justificativa”, explica Soares. As reuniões devem ser imprescindíveis e o mais curtas possíveis.

2. Convocação

Não adianta nada chamar todos os membros de uma equipe se nem todos eles estão relacionados ao tema que vai ser discutido na reunião. “Chame apenas as pessoas que podem contribuir com o objetivo do encontro. Depois dele, esses participantes podem passar aquilo que foi discutido para quem não estava presente na conversa”, afirma Denise. A mistura de cargos em uma mesma reunião também pode levar a um distanciamento do tema inicial a ser tratado.

3. Agenda

“Com o nosso estilo de vida cada vez mais acelerado, as pessoas estão sempre com algum compromisso. Uma reunião deve ter hora para começar e hora para acabar. Não dá para ficar esperando aqueles que estão atrasados para dar início à conversa”, aconselha Denise. Soares, por exemplo, recomenda que esse problema de atraso seja resolvido com alguma coisa antes da reunião como um coffee break. Assim, as pessoas chegam aos poucos e com antecedência.

4. Liderança

A escolha da pessoa que vai conduzir a reunião também é essencial. “O líder deve ter a habilidade de levar a conversa adiante. Além disso, deve conhecer os outros participantes, para que saiba explorá-los da maneira correta e o encontro tenha um bom rendimento”, explica Soares. O professor também aconselha que o presidente não seja o líder nesses casos. “Dessa forma, ele está mais distante da reunião e pode interferir em casos de impasse e discussão acalorada”, completa.

O líder também deve estar atento para a comunicação não verbal dos membros da equipe – aspecto muito negligenciado, de acordo com Denise. Olhando o comportamento daqueles que estão ao seu redor, o chefe da reunião consegue se adequar para que haja mais engajamento por parte dos participantes.

5. Regras

Para que a reunião seja aproveitada ao máximo, é recomendado que se estabeleçam algumas regras de conduta – que podem ser enviadas previamente por e-mail ou comunicadas no início da conversa. “O líder também deve ter habilidade para fazer com que essas regras sejam seguidas”, acrescenta Soares. Nelas, deve estar inclusa a ordem para cada um ter a sua vez para falar e também o tempo que podem gastar nessa fala.

6. Finalização

O encerramento de uma reunião deve amarrar tudo que foi discutido e ver se o objetivo foi alcançado. “Ao fim da conversa, uma pessoa deve ficar responsável por passar a ata da reunião para todos os participantes. Nela, devem estar presentes as incumbências para o próximo encontro e um cronograma com os prazos de entrega das tarefas que podem ter sido discutidas”, orienta Denise. Quando isso não é feito, as ideias começam a se repetir e as reuniões ficam estagnadas em um único ponto, sem chegar a uma conclusão.