Fernando Adoka é orientador oficial de negócios e carreiras no LinkedIn

Fernando Adoka é orientador oficial de negócios e carreiras no LinkedIn

 

Desde março de 2018, o professor Fernando Adoka tem orientado usuários do LinkedIn, através da ferramenta oficial, a Central de Aconselhamento Profissional (Career Advice Tool), onde usuários que precisam de aconselhamentos podem através da aplicação, encontrar um profissional selecionado pela rede social.

 

O convite surgiu após importante reconhecimento que veio através dos comentários em artigos publicados e também pelas assessorias prestadas através dos canais de contato.

 

O LinkedIn divulgou recentemente, uma pesquisa que revela que aproximadamente 80% dos profissionais no Brasil, com idade entre 25 e 33 anos, afirmam enfrentar a crise dos 25 (quarter-life crisis, no termo em inglês). É o primeiro momento de dúvida, em que convergem pressões sociais com relação ao trabalho e à vida pessoal e o profissional tende a fazer uma reavaliação de suas escolhas. Surpreendentemente, no topo de suas aflições, estão o desejo e a necessidade de ter uma casa própria.

 

A pesquisa também identificou outros motivos que ajudam a aumentar a ansiedade e crise destes profissionais: encontrar um emprego pelo qual se apaixone (46%), ter as qualificações certas (39%), contrair dívidas (37%) e receber uma promoção (35%). A idade em que os brasileiros se sentem mais pressionados sobre suas escolhas é entre 32 e 33 anos e 75% dos entrevistados diz que a pressão afeta seus relacionamentos, sua carreira e sua situação financeira.

 

Alexandre Ullmann, Diretor de Recursos Humanos do LinkedIn para a América Latina, define a crise dos 25 anos como um período de insegurança e dúvidas. “É muito comum as pessoas dessa idade estarem em crise, porque as primeiras escolhas podem determinar o planejamento de vida, o que ajuda aumentar a ansiedade. O importante é ter em mente que decisões podem ser revistas ao longo do tempo e há sempre a possibilidade de ter pessoas (mentores) que possam aconselhar e compartilhar suas experiências.”

 

Fernando Adoka comenta a importância de um aconselhador durante a trajetória da carreira profissional, uma vez que alguns desafios podem ser simplificados. Apesar do alto percentual de profissionais que afirmam ter passado pela crise dos 25 anos, em algumas regiões do Brasil esses números variam. No Sudeste, 84% afirmam se sentir ansiosos, enquanto no Nordeste esse número cai para 77%, seguido pela região Centro-oeste (76%), Norte (71%) e Sul (70%).

 

A importância da mentoria

A pesquisa destaca que na hora de pedir conselhos, os profissionais procuram pessoas mais próximas, como família (62%), amigos (55%), parceiro(a) (47%), colegas de trabalho (22%) e chefe (16%). Por outro lado, o aconselhamento através de mentores tem uma procura muito baixa – 10% e 7% respectivamente.

Recomendados para você...

Fernando Adoka é professor, palestrante, escritor, administrador, publicitário, analista e desenvolvedor de sistemas. Leciona para os cursos de gestão, tecnologia da informação, formação inicial continuada, técnico e de aprendizagem industrial no SENAI-SP. É autor dos livros "10 Lições que Aprendi no Negócio mais Dificil do País" e "Diga Giz"

0 Comments

Add Your Comment: